domingo, 14 de setembro de 2008

Ficou mais fácil....

Após o trauma de gerar uma vida e ter a responsabilidade de tornar a Laura uma cidadã solidária e consciente do mundo em que vive, definitivamente, ficou mais fácil criar a F5.




Agora ela fala inúmeras palavrinhas e ousa pequenas frases. Cada vez mais entende o que lhe é dito (embora não obedeça) e é intensamente doce e alegre. Ela me diverte, me faz rir das suas pequenas descobertas, tão pequenas mas tão vitais ao seu crescimento.




Estou casa vez mais feliz e realizada com a maternidade, pois se antes, eu jamais me imaginava nessa situação, hoje sei que minha vida jamais faria sentido se não fosse a presença da minha filha.




Enfim, me questiono como é possível amar tão intensamente esse pedaço de gente????





RAPIDINHAS:




1) Estou morta de azia e o bicarbonato de sódio acabou. Alguém tem uma receita caseira para acabar com a azia?



2) A Laura voltou à sua rotina antiga, ou seja, voltou a dormir tarde. O pai dela agradece, eu estou começando a arrancar os cabelos rs


3) "Vem naná, mamãe!" Tem coisa mais doce do que escutar isso? Eu deito na cama com ela e esmago, aperto e encho de cosquinhas hahahahahahahaha


4) Continuo me sentindo muito mal, cansada e apática. Dia 01 de Agosto acaba a carência do meu plano de saúde e poderei fazer meus 22 exames solicitados pela médica endocrinologista!


5) Final de semana, aniversário do Nicolas! Foi muito bom rever minhas amigas Débora e Denise! Pena que no final a Laura começou a ficar chatinha, nem a cama elástica a animava mais, então fomos para casa!


6) Eu e o Émerson queríamos casar! Pensamos em algo diferente, uma comemoração em forma de Lual, frores na cabeça e pés descalços! Mas em tempo de contenção de despesas como festejar dessa forma sem a utilização de um hotel como "apoio" para a festa para mesas, copos, iluminação, cardápio? Preciso amadurecer essa idéia.....


7) "Mãe, manhêêêê, ô mamãeeeeeeee, mãe, mãe, mãe" Laura me chama assim, toda impaciente, repetindo a palavra mãe em alto e bom tom sem sessar.

8) Estou pecando em não tirar tantas fotos da Laura como antes, mas é que agora, me faltas as pilhas...


9) Estou com desejo de comer uma caranguejada!




4 comentários:

**Jadinha Almeida** disse...

Fabi, amiga amo e me identifico muito com o seu blog.
Laurinha cada dia mais linda, mais sapeka.
e vc cada dia mais dedicada e amorosa.
Parabens!!!
te adimiro muito.

Fran disse...

Fabi, adorei o seu blog, li ele todinho! Parabéns, vc tem o dom da palavra mesmo amiga, seus posts são sempre uma delícia de ler... Tem aquela realidade cortante porém com uma boa dose de senso de humor! Me senti inteirada da sua vida, coisa boa para mim, uma amiga tão ausente...
Beijocas, amo vcs

Ana Cláudia disse...

Aiiii eh tao bom quando eles começam a falar né!
A Laura tá muuuuito fofa...
Da vontade de apertaaarrrr!!!!!!

Trícia disse...

Que texto lindo amiga...

Fiquei realmente emocionada!!!